MORTE - Adolescente de 14 anos é morto com 12 tiros, o crime foi em Santo Antônio do Amparo
06/02/2017 09:15 em Geral

Um adolescente de 14 anos foi encontrado morto na tarde de ontem, sexta-feira, dia 3, em Santo Antônio do Amparo. Luiz Gustavo Ribeiro Figueiredo foi morto com 12 tiros, ele foi encontrado numa estrada vicinal próximo ao aeroporto da cidade. Ele estava com os braços amarrados para trás por uma presilha plástica.

A namorada da vítima contou aos investigadores da Polícia Civil que um amigo de Luiz Gustavo contou a ela que ele e Luiz Gustavo estavam conversando, na noite de ontem, por volta de 22h, quando um automóvel Volkswagen Gol parou com três pessoas armadas e os obrigaram a entrar no automóvel. Eles foram imobilizados com presilhas plásticas e levados para o aeroporto da cidade. Ao descerem do carro, o amigo da vítima conseguiu correr e desaparecer no meio de uma mata, onde ficou escondido.

Segundo relato da namorada da vítima, o amigo de Luiz Gustavo contou a ela que algum tempo depois ele escutou a sequência de disparos. A namorada contou ao pai da vítima na tarde de ontem e ele acionou a polícia. Enquanto isso, o corpo do adolescente foi encontrado na estrada.

Os policiais foram até as casas dos apontados como suspeitos do crime. Na casa de um deles foi encontrado no quarto,  dez papelotes de cocaína e mais o valor de R$ 111. A avó do suspeito disse que ele não estava em casa.

Os policiais civis avistaram ao longe uma pessoa de camisa vermelha observando a movimentação na casa e informaram a uma equipe que estava numa viatura descaracterizada, passando as coordenadas do local onde estava o observador. A polícia chegou e apreendeu um dos  suspeitos, que de longe observada a movimentação na casa do amigo.

Com o adolescente detido, os policiais encontraram uma chave e questionaram de onde era e ele acabou confessando que era de um esconderijo do grupo. Os policiais foram até o local e encontraram uma quantia em dinheiro, maconha, cocaína e crack. Dentro da casa foram encontrados três leitos e três carregadores de celular indicando assim que havia mais duas pessoas além do detido.

Os policiais foram informados que os outros integrantes do grupo criminoso estavam em um bairro da cidade e se deslocaram para o local indicado, ao perceberem a presença da polícia eles tentaram fugir, mas foram capturados em pontos diferentes, um deles chegou a esconder dentro de um bueiro.

O último integrante do grupo foi encontrado às margens da BR-381, rodovia Fernão Dias, tentando fugir para Belo Horizonte de carona.

O grupo contou aos policiais civis que Luiz Gustavo foi morto porque estava invadindo a "área do grupo" para vender drogas,. O grupo criminoso foi identificado pela polícia como sendo "turma de Ibirité".

 

jornaldelavras.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!