ESTUPRO - Mulher foi estuprada em Lavras quando seguia para o trabalho
31/01/2017 - 9h29 em Cidade

Na manhã de segunda-feira, dia 30, o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), recebeu um chamado de uma mulher chorando dizendo que havia sido vítima de estupro próximo ao terminal rodoviário de Lavras. O Copom direcionou uma viatura para o local e os policiais encontram a vítima, que contou a eles que estava se dirigindo para o seu emprego quando percebeu que estava sendo seguida por um homem.

Ela contou que ficou assustada e "apertou o passo", mas o mesmo foi feito pelo homem. Em determinado momento, ao se aproximar da rodoviária, ele aproximou e fez ameaças a ela dizendo que a mataria se ela gritasse ou tentasse correr. Ele disse para a vítima ficar ao seu lado como se fossem conhecidos e que deveria demonstrar tranquilidade.

O rapaz começou a andar segurando a vítima, a levou para uma rua próxima a rodoviária e, atrás de um caminhão estacionado, ele a violentou. A vítima contou que ficou cerca de 45 minutos em poder do estuprador. Após o crime, ele exigiu que ela lhe desse dinheiro e ela lhe entregou R$ 100, em seguida, exigiu que ela o levasse até o ponto de táxi do terminal rodoviário e providenciasse um taxi para ele e que a corrida fosse paga por ela. Os dois caminharam até o ponto e a vítima pediu a um taxista conhecido que fizesse a corrida para o rapaz, que ela disse ser um parente seu, e que depois ela pagaria a corrida.

O estuprador embarcou no automóvel do taxista e eles saíram. Imediatamente ela fez o contato com a polícia.

Quando o taxista retornou, ele informou aos militares que havia deixado o "passageiro" no bairro Lavrinhas. De posse da informação, os policiais foram até aquele bairro e encontraram o suspeito numa pracinha, ele é natural de Lavras e tem 19 anos. O criminoso foi preso e conduzido até a Delegacia Regional de Polícia Civil (Depol), para as providências devidas.

jornaldelavras.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!