MORTES - Sobe para 18 o número de mortos com as chuvas em Minas
17/01/2017 09:48 em Geral

A adolescente Laís Vitória da Silva Castro, de 14 anos, que estava dentro de um carro arrastado pela água do ribeirão Tipuana que transbordou com a chuva em Lavras, na noite de domingo, dia 8, foi a 16ª vítima do período chuvoso de 2016/2017. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) confirmou, nesta segunda-feira, a 17ª morte.

A vítima é uma mulher que desapareceu durante uma enchente no último sábado em Mendes Pimentel, no Vale do Rio Doce. Eva Rodrigues Fonseca, de 52 anos, teve uma morte igual a da adolescente em Lavras, ela estava em um carro com mais três pessoas na MG-417. Ao passar por um desvio na rodovia, o veículo foi arrastado pela correnteza. Eva não conseguiu sair e desapareceu junto com o carro. O corpo da vítima foi encontrado ontem, domingo, por uma equipe do Corpo de Bombeiros, aproximadamente 18 quilômetros do local da ocorrência.

Também hoje foi encontrado mais um corpo, foi o da 18ª vítima do período chuvoso em Minas e a segunda do Sul de Minas. O Corpo de Bombeiros encontrou no final da manhã o corpo de um homem que foi arrastado pela enxurrada na tarde de ontem, domingo, em Passos. A vítima é um andarilho que ainda não teve sua identidade revelada.

 

Além das mortes, segundo a Defesa Civil, 29 municípios em Minas Gerais foram afetados pelas tempestades, 17  decretaram situação de emergência. As chuvas deixaram 2.396 pessoas desalojadas e 223 desabrigadas. Até o momento, 61 casas foram destruídas.

 

jornaldelavras.

COMENTÁRIOS